Benjamin Fulford: O 4º Reich fascista entra em colapso

A remoção do Führer George Bush pai expôs uma nova camada de fascistas assassinos em massa nos EUA e no Japão para prender ou morrer repentinamente à medida que a guerra contra a máfia satânica khazariana continua.

No Japão, o primeiro-ministro fascista Shinzo Abe e seu regime estão se dirigindo para tribunais de crimes de guerra. Para começar, a polícia francesa acusou Tsunekazu Takeda, chefe do Comitê Olímpico do Japão, de corrupção. Este é apenas o começo de seus problemas legais. Takeda é filho do príncipe Tsuneyoshi Takeda, primo do imperador Hirohito, responsável pela instalação da famigerada unidade de guerra biológica 731, segundo fontes da polícia militar norte-americana no Japão. O regime de Abe também foi pego tentando montar seu próprio laboratório de armas biológicas, disfarçado como uma faculdade veterinária, dizem as fontes.

Além disso, os custos projetados das Olimpíadas de Tóquio em 2020 triplicaram para mais de US$ 30 bilhões para pagar propinas a gangues e políticos, dizem as fontes. Uma das principais maneiras de lavar esse dinheiro é ter funcionários do governo dizendo aos bandidos onde os locais dos Jogos Olímpicos serão construídos para que eles possam comprar a terra e vendê-la ao governo com uma enorme margem, dizem fontes de gangsteres japoneses. O dinheiro assim gerado é dividido entre os políticos corruptos e os gangsteres. Outro dinheiro vai para a “segurança” olímpica, ou pagamentos para gangsteres por “serviços de guarda”, dizem as fontes.

Isso é para substituir os fundos que eles estiveram defraudando da chamada “limpeza” de Fukushima. Qualquer jornalista que realmente for a Fukushima com seu próprio contador Geiger é forçado a admitir que há pouca radiação. O dinheiro alocado para a “limpeza” é colocado em lixeiras e transportado de volta a Tóquio para subornos, dizem as fontes. Abe e seu grupo precisam ir para a cadeia ou para o inferno o mais rápido possível.

Enquanto isso, nos EUA, o promotor especial Robert Mueller é filho do chefe da Gestapo, Heinrich Mueller, segundo fontes da CIA. Embora os crimes do pai não sejam os crimes do filho, Robert Mueller será indiciado por seu envolvimento no encobrimento de 11 de setembro, bem como por sua participação na falsa caça às bruxas russa nos Estados Unidos segundo fontes.

É interessante notar neste contexto que os principais líderes políticos presentes no Fórum Econômico Mundial dirigido por fascistas em Davos, na Suíça, são Shinzo Abe e a chanceler alemã (e filha de Hitler) Angela Merkel, respectivos chefes dos aliados fascistas da Segunda Guerra Mundial. Enquanto isso, os líderes dos países que lutaram contra os fascistas, a primeira-ministra britânica Theresa May, o presidente francês Emmanuel Macron, o presidente americano Donald Trump, o presidente chinês Xi Jinping, o presidente russo Vladimir Putin e o primeiro-ministro indiano Narendra Modi estão boicotando Davos. Um grande número de líderes empresariais também está cancelando suas aparições por lá, como fizeram em outubro do ano passado no “Davos no Deserto” realizado na Arábia Saudita. Isso não é coincidência, dizem fontes do Pentágono.

Atualização do jornalista Benjamin Fulford sobre a situação atual

Anúncios

Categorias: Atualizações

Tagged as:

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.